PLEXO SOLAR E MANSIDÃO Por Stella Rebecchi

PLEXO SOLAR E MANSIDÃO
Dez. 2020

Por Stella Rebecchi

São tantos os assuntos que chegam através de tudo quanto é canto, que estou com overdose das redes sociais.  Agora tenho que pensar com
calma que dia é hoje, qual dia da semana, quase um – Oncotô?! Não só por causa da Peste, mas pelo uso insano das telinhas. Todo mundo
fala, fotografa, ensina, apresenta, indica. E às vezes, eu também. Tem dias que fico me sentindo culpada por não conseguir acompanhar as pessoas
dos inúmeros grupos que frequento, ou de outras pessoas. E ao mesmo tempo percebo o tempo que estou desperdiçando com muitas coisas
inúteis. Ando bem cansada…  Com isso tudo venho me dedicando ao  conhecimento mais profundo  do Plexo Solar,  aquele Plexo também chamado  Plexo Celíaco, Plexo do Cérebro Abdominal, ou considerado pelo hinduísmo e budismo como ponto de energia chamado Chakra Manipura cujo significado é “Repleto de jóias”.

Tudo começou no encontro semanal com minha mestra espiritual Christine Costa, sobre as palavras de Jesus – “Bem aventurados os mansos porque eles herdarão a terra”. Como ser mansa? Se nos dias passados lá atrás, não era, imagine agora! Foi meu primeiro pensamento.  Pois é, mas o bom, é que escolhi estar na construção da mansidão, e o momento ao qual estamos passando, é um presente para  poder exercitar essa Virtude.

Paramahansa Yogananda escreveu que, “o arrogante egoísta irrita-se com facilidade, mantém-se na defensiva e é ressentidamente agressivo, rejeitando os emissários da sabedoria que tentam entrar no castelo de sua vida. Mas os que são mansos e humildemente receptivos atraem o invisível auxílio dos anjos beneficentes das forças cósmicas, que lhes concedem bem-estar material, mental e espiritual. Assim, os mansos de espírito realmente herdam, não apenas toda a sabedoria, mas juntamente com ela, também a terra, isto é, a felicidade terrena”.  Que mestre!


O que estou treinando e muitas vezes esquecendo é buscar meu eixo, meu equilíbrio. E existem alguns exercícios para isso, fora a meditação que
já está mais que comprovada para toda nossa mansidão e equilíbrio. Um dos exercícios que tenho feito é : de joelhos flexionados, sentir  os
pés como panquecas grudadas no chão, respirando fundo e devagar, alinhando o corpo através de um fio imaginário que vem do chão, da terra, atravessa a coluna vertebral, sai pelo topo da cabeça, no lugar da moleira e segue para o céu. Usando essa imagem, consigo no meio do caos e da turbulência, não  perder as estribeiras e sair agredindo, fazendo subir minha pressão  arterial e ficando com as bochechas rubras! Isso é o oposto de ser mansa. Esse é um treino que deveria ser diário. Mas se esquecer, não vou ficar me açoitando por isso. Recomeço.
Outro exercício é colocar a mão direita sobre a testa e a esquerda na nuca, na base do crânio. E sentir a energia das mãos penetrando na
cabeça. Funciona !

Mas o que tem o Plexo Solar com tudo isso?

Por ser um importante centro energético em todos os sentidos: físico, mental, emocional e espiritual, devemos levá-lo em consideração com mais
seriedade. Está localizado atrás do estômago, embaixo do diafragma. É uma complexa rede de neurônios, formada por nervos esplênicos
que se espalham por vários órgãos, como pâncreas, vesícula, fígado, e sistema digestivo. Chama-se Plexo Solar por seus filamentos se
estenderem em todas as direções nos importantes órgãos abdominais. Como os raios do sol. (The Solar Plexus – Theron Q. Dumont -1918)                       Reconhecido como Casa de Força e reservatório de energia vital. Assim como o Sol é a grande Casa de Força e reservatório de energia material de nosso sistema solar.

Dr Frederick Byron (1855-1910) foi o primeiro a aplicar o nome “Cérebro Abdominal” tal sua importância. Descobriu, entre outras coisas  que uma lesão grave nesse local, atinge diretamente a sede da vida, comprometendo a vitalidade, a alegria de viver e desarmoniza todo o sistema dos Plexos, dos chackras. Por ser um centro dos mais sensíveis ele deposita vibrações negativas e positivas. Negativas como o ódio, a mágoa, nervosismo, tristeza.  Consequentemente torna os relacionamentos mais difíceis. Promove a falta de foco, a falta de controle financeiro,  a soberba,  a arrogância. Nos torna “abertos” às energias ruins.
Alerta através de inchaço na barriga, enjoos sem motivo, dores abdominais,  artrite, gastrite e úlceras. Começa emitindo sinais para que
fiquemos alertas.

Em equilíbrio, vem dele nossa disciplina, nossa força, a vontade, poder pessoal, determinação, consciência. Melhor envolvimento e
entendimento do meio social. Conseguimos defender nossos pontos de vista com assertividade, sem agressões e colocar nossos limites sem
dificuldade. Grande controle emocional, maior alegria. Esse Centro bem desenvolvido, nos mostra nosso lugar no Universo e conseguimos entrar em contato com nosso brilho pessoal irradiando calor humano e alegria.  Não se esquecendo que é um centro de energia mística poderoso em nosso corpo.

A melhor coisa para ativar e equilibrar nosso Plexo Solar é o próprio sol, nosso astro maior, fonte da energia da vida. Uma caminhada ao sol com pouca roupa que permita o sol bater na pele nas horas saudáveis. Se conectar com o fogo, seja através de uma vela acesa para olhar e meditar com o mantra RAM repetido mentalmente várias vezes. No inverno, se possível, olhar para o fogo de uma lareira. E se for ainda mais possível, se conectar com as Salamandras!                                                                                             Visualizar a área de seu estômago com a cor dourada, imaginando que está limpando toda essa área com essa força da luz do ouro!  Respirar lentamente enquanto faz isso. Quem tiver um cristal, o citrino, colocar sobre a barriga. Inclusive o citrino atrai prosperidade. Esfregar uma mão na outra gerando energia e colocar sobre o estômago girando as duas mãos gentilmente.

Todos esses exercícios, se feitos com disciplina, ativam e alinham esses e os outros Centros, promovendo uma melhor saúde física, emocional, mental e
espiritual, que, certamente nos levarão ao equilíbrio de todos os nossos Centros Energéticos, a uma vida saudável e consequentemente facilitar  nos aproximarmos cada vez mais da mansidão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *