TIMUS do grego THYMUS que significa ENERGIA VITAL Por Stella Rebecchi

TIMUS do grego THYMUS  que significa  ENERGIA VITAL

Por Stella Rebecchi

O TIMUS, uma pequena glândula localizada no Chackra Cardíaco, no meio do tórax, entre os pulmões e à frente do coração. Aquele lugar em que colocamos o dedo indicador para dizer “eu ou, meu, ou, pra mim”. Quando nascemos ele pesa de 12 a 15 gramas. Lá pelos 12 anos, 30 a 40 gramas e começa a diminuir depois dos sessenta anos, ficando entre 6 a 16 gramas, dependendo de nosso estado emocional segundo Sonia Hirsh. Ele pode crescer quando estamos contentes e felizes, encolhe pela metade quando estressamos e encolhe mais ainda quando adoecemos ou morremos. Ele pode encolher, mas não sumir ou deixar de ter suas funções. Ele continuará sempre a produzir Timosina, hormônio enviado para o organismo que reforça aos linfócitos a mensagem que sigam trabalhando, para garantir o correto funcionamento do sistema imunológico.

 

Durante muitos anos a medicina só conheceu a glândula Timus através da autópsia, portanto sempre encolhido, atrofiado. Mais tarde descobriu-se que mesmo encolhendo após a infância, a glândula Timus continuava ativa tendo um papel de importância no sistema imunológico, à consciência, aos sentimentos e à linguagem.   Se formos invadidos por toxinas, micróbios, bactérias, ele reage produzindo células de defesa. É sensível a imagem, a cores, luzes, sons, sabores, gestos, tons, palavras e pensamentos.  

                                                                     

Amor e ódio o afetam profundamente. E ideias negativas têm mais poder sobre ele do que vírus ou bactérias.

Sendo localizado no Chackra Cardíaco, é o centro do amor, principalmente no amor que dá para si. Ajuda a por limites no dar e receber. Já que esses sentimentos não existem de forma concreta, a glândula TIMUS fica tentando reagir e enfraquece abrindo brechas para sintomas de baixa imunidade. O contrário, emoções positivas conseguem dessa glândula tão pouco levada a sério, uma ativação geral. Portanto dar atenção aos sentimentos, pensamentos, valorizando a positividade, a compaixão, o amor e a gratidão é fundamental para estarmos fortalecidos, principalmente neste tempo de pandemia.

Exercício para o fortalecimento do TIMUS:

Se tiver um cristal malaquita ou quartzo verde , pode usá-los, senão usar a ponta dos dedos indicador e médio. Melhor ainda se for ao sol. Dar pancadinhas com os dedos ou com o cristal  no esterno, sobre o TIMUS, ritmadas, com a intenção de acordá-lo, durante alguns minutos. Pode mentalizar a palavra YAM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *